ENTRE EM CONTATO (69) 3216-3770

Ouvidora do MPMG participa de evento comemorativo dos 10 anos da Ouvidoria do TRE

30 Maio 2019
Ouvidora do MPMG participa de evento comemorativo dos 10 anos da Ouvidoria do TRE

Nesta quarta-feira (29), a Ouvidoria do TRE comemorou dez anos de sua criação, no auditório do Tribunal, com o descerramento das fotos dos ex-Ouvidores da instituição e do seu idealizador, o desembargador Almeida Melo. As fotos irão compor a Galeria de Ouvidores do TRE, no novo espaço da Ouvidoria (rua Bernardo Mascarenhas, 317). 
 
Em seu pronunciamento, o presidente do Tribunal, desembargador Pedro Bernardes, ressaltou a importância e o desenvolvimento da Ouvidoria nos últimos dez anos, com 52.100 atendimentos até dezembro de 2018. “Que esta primeira década de bons serviços prestados à sociedade mineira seja a base sólida que haverá de sustentar – e aprimorar –, nas muitas décadas que ainda virão, o relacionamento ético, respeitoso e eminentemente cidadão entre a Justiça Eleitoral de Minas Gerais e seu público”, concluiu. 
 
O juiz Nicolau Lupianhes Neto, atual ouvidor eleitoral e membro da Corte Eleitoral, saudou os homenageados e disse que a Ouvidoria está consolidada como um grande canal de comunicação do TRE de Minas Gerais com os cidadãos. 
 
O primeiro homenageado a descerrar seu retrato foi o desembargador Almeida Melo, idealizador da ouvidoria em 2009, então presidente do Tribunal e que deu posse à primeira ouvidora. “Na democracia, tão importante quanto falar e fazer é ouvir, porque ouvindo a gente capta os anseios, as reclamações e sugestões. Ouvidoria é controle de qualidade e inovação”, disse Almeida Melo. 
 
A desembargadora Mariza Porto (maio de 2009 a maio de 2010), o desembargador Maurício Torres (maio de 2010 a maio de 2012), o juiz Maurício Pinto Ferreira (agosto de 2012 a julho de 2017), o juiz Paulo Rogério Abrantes (julho a dezembro de 2016/julho de 2018 a abril de 2019) e o juiz Ricardo Torres de Oliveira (janeiro de 2017 a julho de 2018) foram os ouvidores homenageados. 
 
Além do presidente do TRE mineiro, desembargador Pedro Bernardes, que abriu e encerrou o evento, compareceram o Ouvidor do TRE de Tocantins e Presidente do Colégio de Ouvidores Eleitorais, Juiz Agenor Alexandre Silva; o ouvidor do TRE do Rio de Janeiro, juiz Ricardo Alberto Pereira; a 3ª Vice Presidente do TJMG, desembargadora Mariângela Meyer Pires; o ouvidor do Tribunal de Contas de Minas Gerais, conselheiro Durval Ângelo; o vice-presidente e juiz ouvidor do Tribunal de Justiça Militar, coronel Rúbio Paulino Coelho; a ouvidora geral do Estado de Minas Gerais, Simone Deoud Siqueira e a ouvidora do Ministério Público de Minas Gerais, procuradora Maria Conceição Mello de Assumpção, integrantes da Corte Eleitoral mineira e outras autoridades. 
 
O papel da Ouvidoria 
 
A Ouvidoria tem como principal função ser um canal de comunicação do Tribunal com os eleitores e servidores. O contato pode ser feito presencialmente, pelo site, telefone (31 3307-1160), WhatsApp (31 97148-0130) ou carta disponível nos cartórios eleitorais. 
 
A Ouvidoria é responsável por receber e encaminhar para os setores diretamente envolvidos as sugestões, críticas, denúncias e elogios do público interno e externo sobre os serviços prestados pela Justiça Eleitoral. Além disso, responde e esclarece aos remetentes as situações questionadas e acompanha as medidas a serem tomadas referentes as reclamações ou denúncias. Também fiscaliza procedimentos da instituição, realiza pesquisas de satisfação, entre outras atribuições.

Fonte: TRE-MG




FALE CONOSCO

Tem alguma dúvida?

ENVIE UM CONTATO
MURAL

Deixe sua mensagem para o conselho

PARTICIPAR