ENTRE EM CONTATO (96) 3198-4128

Ouvidoria do MPMT presta conta e ouve demandas dos moradores do Jardim Vitória.

19 Novembro 2019
Ouvidoria do MPMT presta conta e ouve demandas dos moradores do Jardim Vitória.

O bairro Jardim Vitória foi o 15º a receber as equipes da Ouvidoria e do Centro de Apoio Operacional (CAO) do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, durante mais uma edição do projeto Viva o Seu Bairro, no último  sábado (09). Os atendimentos foram realizados das 16h às 19h, no miniestádio do bairro. O MPMT prestou contas do trabalho em andamento e ouviu novas demandas dos moradores da região relacionadas à saúde, educação, cidadania, segurança, meio ambiente, criança e adolescente, idosos, consumidor, pessoa com deficiência, infraestrutura e combate à criminalidade. 

“Vir até o bairro demonstra o nosso interesse em ouvir os moradores, estimulando a participação da população junto ao nosso trabalho. Ao mesmo tempo, o Centro de Apoio Operacional, em parceria com a Ouvidoria, traz a devolutiva da atuação do Ministério Público em benefício do bairro, atendendo ao princípio da transparência. Levantamos o que os promotores da área fim fazem com relação às demandas da região, aquilo que já está sendo investigado ou promovida ação, e levamos ao conhecimento dos moradores”, explicou o promotor de Justiça coordenador dos Centros de Apoio Operacional (CAOs), José Mariano de Almeida Neto. 

Presidente do Jardim Vitória há mais de nove anos, Benedito Arcanjo de Faria foi o primeiro a visitar o estande do MPMT no evento. Além de se inteirar do que já está sendo feito, apresentou a visão do que pode ser melhorado. “O asfalto, por exemplo, é um problema, e o poder público não termina. Outra coisa precária é o lazer. Temos esse miniestádio que precisa de iluminação, já temos um pedido e nada. Se iluminar, vai ficar bom. Mas não podemos reclamar, porque aos poucos estamos melhorando. Tínhamos problema com água e hoje temos 90% de água boa, de uns três meses para cá também melhorou a saúde. Já a educação é boa, temo escolas em todo canto do bairro”, argumentou. 

Jocilene Botelho Correa, que mora há 20 anos no Jardim Vitória, registou uma reclamação sobre a falta de asfalto. “Meu IPTU é caro, mais de R$ 800,00 e não tem asfalto e nem rede de esgoto. A água vem normal, depois de muita briga. Mas o grande problema é a rua de terra, onde carro hoje passa com dificuldade. Há um tempo atrás nem as pessoas conseguiam passar a pé. A minha sorte é que trabalho em uma empresa de construção civil e consegui doação de três caminhões de aterro, o que amenizou o problema”, relatou. A moradora ficou de encaminhar fotos para a Ouvidoria, especialmente de um buraco que empossa água da chuva e escorre para dentro das casas. 

As informações colhidas nos atendimentos são encaminhadas aos promotores de Justiça para adoção das providências necessárias, ou mesmo enviadas ao órgão responsável, com as devidas orientações. O Jardim Vitória completará 33 anos na próxima semana. O bairro possui 4.724 casas, aproximadamente 23 mil moradores e cerca de 10 mil eleitores. 

Fonte: MPMT









FALE CONOSCO

Tem alguma dúvida?

ENVIE UM CONTATO
MURAL

Deixe sua mensagem para o conselho

PARTICIPAR