ENTRE EM CONTATO (98) 3219-1613

Sessão Solene de Posse da Procuradora de Justiça, Dra. Cleusa Boyda de Andrade, no cargo de Ouvidora do Ministério Público do Estado da Bah

24 Setembro 2018
 Sessão Solene de Posse da Procuradora de Justiça, Dra. Cleusa Boyda de Andrade, no cargo de Ouvidora do Ministério Público do Estado da Bah

Ocorreu na tarde desta segunda-feira (24), na sede do Ministério Público do Estado da Bahia, a Sessão Solene de Posse da Procuradora de Justiça, Dra. Cleusa Boyda de Andrade, no cargo de Ouvidora do Ministério Público do Estado da Bahia, reconduzida para o biênio 2018-2020.

Na ocasião, a Presidente do Conselho Nacional dos Ouvidores do Ministério Público dos Estados e da União (CNOMP), Dra. Rita de Cassia Maia Baptista, compôs a mesa solene da cerimônia, juntamente com a Procuradora-Geral de Justiça, Dra. Ediene Santos Lousado, a Procuradora-Geral de Justiça Adjunta, Dra. Sara Mandra Rusciolelli, o Corregedor-Geral do Ministério Público, Dr. Zuval Ferreira, o Desembargador, Mário Alberto Hirs, o Corregedor-Geral da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia, Dr. Nelson Alvares Pires Neto, e, a Presidente da Associação do Ministério Público da Bahia (Ampeb), Dra. Janina Schuenck.

A ouvidora, candidata única eleita por aclamação do Colégio de Procuradores, agradeceu a oportunidade de continuar à frente da Ouvidoria por mais dois anos, destacando que “não existe mais espaço para um Ouvidoria estática, mera recebedora e repassadora de reclamações, denúncias e informações. Estamos preocupados com o labor pedagógico e construtivista no ato de ouvir e informar ao cidadão a respeito de seus direitos e deveres, tornando-o cada dia mais consciente e apto a buscar a melhor prestação de serviço possível”. 

A Presidente do CNOMP, também fez uso da palavra, além de registrar o seu contentamento com a recondução e a admiração pela Ouvidora baiana, ressaltou o crescimento das Ouvidorias, afirmando que, “Hoje o cidadão ganhou fôlego e este processo o ensinou a bater às nossas portas. O crescimento das Ouvidorias tem ocorrido pela resolutividade que suas ações produzem. Temos ganhado espaço e a confiança do citadino, pois ele enxerga neste órgão um canal de comunicação eficiente no encaminhamento de suas demandas”. Finalizou lembrando a importância do papel de uma Ouvidoria, como “espaço de acolhimento, onde transparência e ética são palavras de ordem, e que serve de mediadora e agente indutor de inovações institucionais a partir da escuta empática do cidadão”.

Membros e servidores do MP, da magistratura, autoridades, familiares e amigos prestigiaram a cerimônia, que, em seguida, foi comemorada com uma grandiosa celebração.
















FALE CONOSCO

Tem alguma dúvida?

ENVIE UM CONTATO
MURAL

Deixe sua mensagem para o conselho

PARTICIPAR